Cloud Foundry

Essa semana recebi minha conta beta no CloudFoundry.com, um serviço prestado pela VMware para hospedagem da sua nuvem opensource (PaaS – Platform as a Service). Esse projeto opensource é mantido através do domínio CloudFoundry.org. Antes de ter a sua própria nuvem, o site servia apenas de proxy para a cloud da Amazon; esse serviço ainda está disponível através do endereço http://classic.cloudfoundry.com.

A VMware promete oferecer uma micro nuvem (Micro Cloud) que será uma imagem do VMware Player rodando o CloudFoundry. Isso vai possibilitar que você tenha uma micro nuvem rodando em seu computador, depois colocar outra instância numa máquina vizinha, e ir aumentando a nuvem conforme a demanda. Uma forma de criar nuvens privadas.

Existem duas formas de manipular a nuvem: uma é através da ferramenta em linha de comando chamada vmc; a segunda é usando o STS, Spring Tool Suite, um plugin para eclipse desenvolvido pela VMware. A instalação da ferramenta vmc é feita através do ruby gem. Segue abaixo um exemplo de como instalar, conectar e obter o consumo de memória. É possível obter uma lista de todos os comandos usando vmc help.

E:\>gem install vmc
Successfully installed vmc-0.3.10
1 gem installed
Installing ri documentation for vmc-0.3.10...
Installing RDoc documentation for vmc-0.3.10...

E:\>vmc target api.cloudfoundry.com
Succesfully targeted to [http://api.cloudfoundry.com]

E:\>vmc login
Email: vmrocha@gmail.com
Password: **********
Successfully logged into [http://api.cloudfoundry.com]

E:\>vmc info
VMware's Cloud Application Platform
For support visit support@cloudfoundry.com

Target:   http://api.cloudfoundry.com (v0.999)
Client:   v0.3.10

User:     vmrocha@gmail.com
Usage:    Memory   (0B of 2.0G total)
          Services (0 of 16 total)
          Apps     (0 of 20 total)

Hoje o CloudFoundry.com oferece a execução de aplicações usando Sinatra, Rails, Spring e Node.js. E também oferece serviços para MySQL, Redis e MongoDB. A tendência é que essa lista cresça, uma vez que o CloudFoundry está sendo desenvolvido para que esses serviços sejam “plugados” como um lego.

Mais informações:

Anúncios

Tarifação no Google Apps Engine

O Google Apps Engine é um serviço de PaaS (Platform as a Service) da Google que é oferecido gratuitamente para uma cota limitada de recursos do sistema. A empresa garante que nenhuma aplicação interferirá no desempenho e funcionamento de outra. Os recursos são monitorados por agentes internos e possuem uma cota diária, conforme a tabela a seguir.

Recurso Unidade Custo por Unidade Cota Diária Gratuita
Tempo de CPU Horas $0,10 6,5
Largura de banda de saída Gigabytes $0,12 1
Largura de banda de entrada Gigabytes $0,10 1
Dados armazenados Gigabytes por mês $0,15 1
Destinatários de e-mail Destinatários $0,0001 2000

Caso seja necessário aumentar o uso dessas cotas, o administrador pode ativar o recurso de tarifação sobdemanda através do painel de controle do Google Apps Engine. É possível definir valores máximos para cada recurso, dessa forma garantimos que não será cobrado mais do que se está disposto a pagar, embora ainda seja cobrado apenas pelo que for consumido.

Google Apps Engine Dashboard

Um dashboard é oferecido para que o administrador possa estar acompanhando o uso dos recursos pela aplicação, possibilitando aumentar a cota máxima de uso quando perceber que o limite estabelecido não atenderá a demanda necessária. Da mesma forma, também é possível reduzir a cota diária.

Channel 9 – Cloud Cover

6eacf5ad-d4b6-49d5-92a3-d9315b05f706Desde fevereiro desse ano o Channel 9 está com um programa chamado Cloud Cover. Os vídeos têm dado tão certo que já estamos no epsódio 32. Para quem quer estar por dentro das novidades sobre Windows Azure e o que a Microsoft tem lançado para computação nas nuvens, é uma excelente pedida.

Azure Academy – Aprenda na prática

Vai uma dica para quem quiser aprender mais sobre o Windows Azure.

"Este conjunto de vídeos introduz os conceitos básicos de Software mais Serviços e, em particular, o Windows Azure e seus Serviços básicos (.Net Services, SQL Data Services e Live Services). Com eles, você compreenderá o como a plataforma Azure poderá ajudá-lo na hospedagem de seus aplicativos sem que você tenha que se preocupar com a compra de máquinas, provisionamento ou operação da infraestrutura."

1 – Cloud Computing e o Windows Azure
2 – Uma visão de arquitetura da plataforma na nuvem
3 – Patterns para computação em nuvem
4 – O sistema operacional Windows Azure
5 – Dados com alta escalabilidade na nuvem com o Azure Storage
6 – Distribuição e monitoração de aplicações dentro do Windows Azure
7 – Aplicações no Windows Azure
8 – Segurança na nuvem com os recursos do Azure
9 – Dados na nuvem com o SQL Azure Database
10 – Serviços na nuvem com o AppFabric
11 – Visual Studio e ALM na nuvem
12 – Controle versus Economia de Escala
13 – Visão de futuro da plataforma Windows Azure: qual será o impacto para seu negócio?

http://msdn.microsoft.com/pt-br/azure/dd637687.aspx

Channel 9 – Peer to Peer series with WCF

p2p-adaption_id3929971_size220 Ótima fonte de informação para quem deseja estudar desenvolvimento de aplicações distribuídas usando WCF [Very good information resource for those who wants to study distributed software using WCF].

%d blogueiros gostam disto: